Promessômetro

Em 2021, ainda à época das eleições, Julio Heerdt e Bruno Comicholi, hoje presidente e vice-presidente do clube, firmaram uma carta de compromissos com o Movimento Nosso Avaí, nas quais prometeram a implementação de algumas ideias de profissionalismo, transparência e responsabilidade financeira na gestão do Leão da Ilha.

Desde a posse da atual diretoria, nós seguimos acompanhando seus passos e mantendo contato, a fim de garantir que as promessas de campanha saiam do papel. Para facilitar a compreensão e a avaliação do trabalho dos dirigentes, nos propomos a sistematizar a lista de compromissos e, periodicamente, atualizar seu status de implementação, levando em conta, sempre de forma honesta e independente, as ações levadas a efeito, e dando aos mandatários a oportunidade de comentar cada um dos pontos: assim surge o PROMESSÔMETRO. 

Como chegamos ao fim do primeiro semestre de mandato, um tempo minimamente razoável para a avaliação dos primeiros passos dos administradores, oferecemos aos nossos apoiadores e avaianos em geral a primeira atualização do PROMESSÔMETRO NOSSO AVAÍ.


Reaproximação com o torcedor:

20%

(+) Desde que foi eleito, Julio Heerdt divulgou, em entrevistas coletivas, para o público geral, e também em reuniões do Conselho Deliberativo, para os membros do colegiado, detalhes da situação financeira delicada do Avaí e das medidas temerárias do passado que contribuíram para esse cenário trágico.

(+) A Diretoria promoveu mudanças positivas no Departamento de Comunicação do clube, com a nomeação de Rafael Xavier dos Passos, torcedor, jornalista, ex-membro do Núcleo Diretivo do Movimento Nosso Avaí e ex-âncora de um dos mais populares podcasts da avaianosfera. Em que pese nossa inegável relação de proximidade com o profissional, acreditamos ser justo avaliar positivamente as suas primeiras medidas à frente da comunicação, com destaque para: o aperfeiçoamento da programação da TV Avaí; a divulgação de detalhes contratuais das contratações; a divulgação dos jogadores relacionados a cada partida; a reutilização usual da identidade “O Time da Raça”.

(!) aspecto de menor relevância, mas que merece atenção, é a reiterada incorrência em erros, não só de digitação, mas também de informação, em artes oficiais do clube. [não sei se isso é pertinente, mas estou me esforçando pra listar tudo relativo aos tópicos, com total honestidade]

(…)

(+) Criação do cargo de relacionamento com o torcedor/contratação Kátia de Paula. Desenvolver.

(!) A reiterada utilização do perfil pessoal da colaboradora Kátia de Paula para comunicação institucional do clube e relacionamento com o torcedor. (Sugerir a criação de um perfil oficial, podendo ter a Kátia como personificação do perfil?)

Transparência:

(+) Fan fest. Desenvolver.

(!) Demora na questão dos bares. Desenvolver.

(!) Ainda é cedo, mas devemos ter atenção, pois, até o momento, nenhuma medida foi tomada nesse sentido.

(+) Publicação de balancetes trimestrais. 

(!) A publicação das demonstrações contábeis referentes ao primeiro trimestre do ano de 2022, conforme expresso no inciso XXIII do art. 57 do estatuto do clube, foi cumprida parcialmente. Apesar de ser publicada dentro do prazo estabelecido, a demonstração dos fluxos de caixa não foi incluída. Deste modo, o requisito estatutário não foi cumprido em sua totalidade. Ademais, faz-se necessário que haja um avanço na forma da publicação destes relatórios, de modo que, em especial, os(as) torcedores(as) do clube consigam compreender a realidade econômico-financeira do período em análise. Tornar a informação contábil mais simples, sem perder seu conteúdo, é um desafio que a gestão precisa endereçar no curto/médio prazo em publicações vindouras. 

Adicionalmente, cria-se a necessidade de elaboração de um portal da transparência que contemple os relatórios e demais documentos do clube de forma conjunta e organizada. A partir de publicações trimestrais das demonstrações contábeis, orçamento, plano de ação anual, regimentos internos, planejamento estratégico e demonstrações contábeis anuais em conjunto com relatório da auditoria e pareceres do conselho fiscal, demanda-se uma organização destes documentos de modo que o(a) torcedor(a) tenha acesso de forma simplificada a toda esta documentação. 

(…) O Balanço Social tem como objetivo contemplar informações de cunho socioambiental, em conjunto com elementos econômicos, e comunicar de forma unificada as ações do clube durante determinado período bem como ações futuras que estão em fase de planejamento. A publicação deste documento demanda de tempo para sua implementação, à medida que as dificuldades financeiras do clube se sobrepõem e são de resolutividade em caráter urgente. Entretanto, com a resolução destas demandas urgentes de caráter financeiro e organização dos controles internos do clube, espera-se que no médio prazo já se contemple relatórios iniciais com informações de cunho socioambiental. 

(+) Desde o início do ano, houve um esforço para que os atos de gestão fossem comunicados com tempestividade à torcida, conselho deliberativo e fiscal. Por meio de participação nas reuniões do conselho deliberativo, entrevistas na TV Avaí, convocação de reuniões com conselho fiscal e mesa do conselho deliberativo, a gestão tornou a relação mais próxima e reduziu o número de informações desencontradas. 

Modelo de governança:

(+) A diretoria reconheceu o compromisso com o pagamento das dívidas, em especial com salários atrasados, como prioridade na alocação dos recursos financeiros assim que assumiu o clube. O prejuízo do ano de 2021 foi extremamente danoso para a estrutura financeira do clube, de modo que foi necessário reduzir o gasto, em especial no futebol profissional, para pagamento de dívidas. A manutenção dos salários em dia no primeiro semestre de 2022, aliado ao pagamento de montante relevante da dívida com atletas e funcionários referente a 2021, permite concluir que as ações desenvolvidas colocam o clube na direção do saneamento financeiro. Entretanto, faz-se necessário que o clube continue nessa direção, já que o saneamento financeiro do clube demanda respeito constante aos limites orçamentários.

(!) O Organograma do clube não está publicado no site oficial, de modo que a avaliação externa com relação aos departamentos existentes bem como profissionais contratados fica prejudicada.

(!)  O plano de Ação Anual, requisito estatutário que contempla o planejamento e metas para os próximos 12 meses, deveria ser publicado ao final do mês de janeiro/2022. Entretanto, até o momento, este documento ainda não foi apresentado ao conselho deliberativo do clube. Denota-se parcial perda de tempestividade, já que o primeiro semestre já foi finalizado. Reforça-se a necessidade de apresentação, para o ano de 2023, em conjunto com o orçamento anual, até o dia 10 de dezembro de 2022 para que cumpra-se a demanda estatutária e que o conselho deliberativo e torcida possam ter melhor entendimento do planejamento do clube para o próximo ano. 

Gestão técnica no futebol:

(+) Criação do Departamento de Mercado, capitaneado pelo profissional Giovani Dalla Valle, com disponibilização de softwares e criação de processos bem definidos;

(+) Reformulação do Departamento de Futebol, com contratação de profissionais de mercado;

(+) Reformulação de processos internos de trabalho, aumento o grau de eficiência;

(+) Criação do Núcleo de Coordenação e Performance (ver se esse é mesmo o nome).

Inovação:

Close Bitnami banner
Bitnami